Lola Benvenutti, garota de programa universitária, relata programas em blog

Gabriela Natália da Silva, conhecida como Lola Benvenutti, tem 21 anos, mantém um blog onde relata experiências como garota de programa em São Paulo


30/04/2013 - 0:07 -

A jovem Gabriela Natália da Silva, conhecida como Lola Benvenutti, tem 21 anos, se formou recentemente em Letras pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e assumiu publicamente “ganhar a vida” fazendo programas em São Paulo. Ela mantém um blog em que escreve contos baseados nas experiências com seus clientes e chama a atenção ao tentar quebrar o tabus na profissão tentando refazer o feito de Raquel Pacheco, conhecida como Bruna Surfistinha. “Eu tinha um desejo secreto de trabalhar com isso e não há nada mais justo, faço porque gosto”, afirmou Lola.

Ela é natural de Pirassununga (SP), se mudou para São Carlos para fazer faculdade, e conta que é normal jovens fazerem programas para pagar a faculdade, mas alega que não faz a prática para pagar os estudos, mas porque gosta. “Eu nunca precisei disso, sou inteligente, fiz faculdade, optei por isso, qual o problema? Fiquei com um pouco de medo de isso reverberar de alguma forma na faculdade, então achei melhor terminar a graduação para colocar o blog no ar”, conta Lola.

lola2

Ela contou ainda que começou a “trabalhar a noite” ainda na faculdade, mas que não era para pagar os estudos, mas, sim, porque sentia uma vocação desde cedo. Resolveu assumir de vez a profissão, chegando a atender até cinco clientes por dia. Lola diz que ainda sonha em dar aulas como professora formada em letras, e ainda cursar um mestrado e trabalhar em São Paulo.

A jovem conta que mantém uma relação estável com a família. “Eu não vou muito pra lá, sinto que toda vez que vou, levanto uma poeira de discórdia e os vizinhos ficam comentando. Minha mãe já desconfiava porque nunca pedia dinheiro para ela e a relação foi muito mais difícil porque ela se importa muito com o que os outros dizem, mas a gente se fala”, disse Lola.

lola1

  • Matérias Relacionadas:

10 Comentários

  1. Carlos em abril 2013 às 7:00

    Olha, as coisas são dúbias em nossa vida, mente e conexao com o mundo, família e cotidiano. Esta história é meio velha, ja vi e li antes e nao gostei. Mais uma garota de boa formação que viverá um estrelato no lixo do mundo. Não julgo o ideal de vida dela e nem posso, apenas critico a exposição diante de outros que pagarão sem nada terem feito; a família que irá pagar e muito caro por esta rebeldia típica de adolecente, mimado e sem limites, valorese auto estima. O que ela faz com a vida dela só compete a ela, mas se expor a troco de nada, por si só já é meio dúbio de compreensão. Mentes patologicamente compromotidas por razões mil nao cabe a nós entendermos ou julgarmos, a única coisa que nao entendo é a exposição, me parece uma punição a família e a quem a cerca, ela nao deveria expor a quem a ama. Lamentável. Qto ao sexo dela, se posiciona no direito de qualquer um que é adulto, me preocupa a promiscuidade em meio as DST’s tao comum e farta hoje em dia, mas cada qual com sua vida e autoestima, agora ganhar a mídia com mais uma história pobre como esta nao dá para aceitar, uma pena, ja vi este filme, livro e podridao de vida antes. Pena…

  2. Manoel Mello em abril 2013 às 9:06

    É de natureza doentia a necessidade atual de chamar atenção de todo jeito. Não sei as razoes pessoais para desejar revelar uma vida intima desprovida de afeto mas “rica sexualmente”. Carência total ou simplesmente excesso de luxúria aliado à descrença de valores humanos e responsabilidade consigo mesma e os outros? Punição à família que não deu amor e apenas ensonou apego ao consumo? Tristes tempos…..

  3. JUca em abril 2013 às 13:24

    querida adorei sua coragem e ousadia…

  4. tatiane em abril 2013 às 14:29

    pelo menos ela cobra e dá as caras, ou seja, ela mesma se classifica. Pior as outras va dias que tem hoje em todo lugar (na vizinhança, no trabalho, na faculdade)…q dormem com namorados, maridos, pais, filhos de todos…. dao pra todo mundo só por dá sem pensar nas consequencias e destroem relações.. Essa ae faz muito menos mal às familias que as vadi asss inrustidas ao nosso redor.

  5. eu em abril 2013 às 18:33

    Bunito é os politicos do brasil? Ou talvez os pastores que compram emissoras pra lavar dinheiro!!! Bunito é essa cambada de depressivos, de duentes, que não consegue, se amar a si propio e buscam o amor de aguem que pode ver!!!! bunito é robar, matar, desviar dinheiro publico. Bunito é jogar futibol e matar a ex por causa de 5 % de seu salário, bunito é trafico de imfluencias…..
    A meniana faz de seu corpo sua empresa, e como dizem por ai ” a propaganda é a alma do negócio”, simplesmente isso, ela está fazendo propaganda de sua empresa… E a familia dela, quem pode falar? alguém ai sabe se ela tem familia? talves não tenha… talvez tenha e eles aaah aponhem, ou não… mas o que isso importa? logo logo todos se vão e o que fica é é você e sua solidão!!! Antes ganhar dinheiro com o seu corpo fazendo o que você gosta do que ganhar merreca e a ilusão de fundo de garantia que o governo está dando para as empregadas doméstica, nada contra elas… sim, contra a burguesia que acham que estão dando muito a uma pessoa que faz tudo em sua casa….. Me preocupo com as pessoas que não tem opição de ser ou não como a Lola, ela sim merecem a atenção de todos, elas fazem pq precisam, pq são obrigadas… a Lola tem estudo é bem resolvida e ninguém tem nada haver com a vida dela!!!

  6. ane em abril 2013 às 21:51

    Parabens pela coragem!!!, adorei o blog

  7. Ana em maio 2013 às 15:16

    21 ANINHOS? NÃO SABE NEM MESMO A QUE VEIO NESTE MUNDO. UM DIA CRESCERÁ MENTALMENTE. COITADA.

  8. Ana em maio 2013 às 15:23

    TEVE A SURFISTINHA, A QUE FEZ LEILÃO DA SUA VIRGINDADE (BOBO QUEM ACREDITOU), A QUE TREPOU COM UM CANTOR INTERNACIONALMENTE FAMOSO UMA NOITE SOMENTE E ENGRAVIDOU – O MUNDO ESTÁ ASSIM, SEM VALOR DE CARATER E DE DIGNIDADE. O PROBLEMA ESTÁ NA INTERNET QUE NÃO FAZ RECICLAGEM DO QUE PRESTA OU NÃO. ESTA É SÓ MAIS UMA, OUTRAS VIRÃO.

  9. pedro em maio 2013 às 15:06

    Falou tudo, mas não deu o telefone dela.

  10. douglas em maio 2013 às 0:20

    adorei sua percepção,vc tem um jeito todo especial de ver o mundo,admiro sua coragem e concordo com vc todos temos o direito de escolha,e vc escolheu aq mas lhe agradou,se vc é feliz com sua profissão,não poruqe criticar e outra vc já maior de idade e sabe o que quert por isso estou lhe mandando está mgs,há! essa primeira vez que vejo seu blog e não sabia de sua,enfim só pude conheçer através do superpop,mas adorei sua coragem,e como vc mesma disse faz porque gosta e um gosto seu.

Deixe seu comentário