Criança chinesa é salva de queda de dez andares por mulher

Mulher pegou menina antes de bater no chão, salvando-a e causando sérios ferimentos em ambas


04/07/2011 - 8:44 - Terra

Uma mulher de 31 anos, Wu Juping, aparece nesta segunda-feira na imprensa chinesa como uma heroína após salvar uma menina de dois anos que caiu de dez andares de altura pegando-a antes de bater no chão, o que salvou a criança, mas causou sérios ferimentos em ambas. Segundo o jornal local Shanghai Daily, Wu acabou com várias fraturas em seu antebraço pelo impacto, enquanto a menina, mencionada por seu sobrenome, Niuniu, sofreu graves danos internos, embora continue com vida. “O cérebro, os pulmões e o sistema gastrointestinal da menina estão afetados pela altura da qual caiu, e também tem dificuldades para urinar”, disse um médico do Hospital Infantil de Zhejiang, a província oriental onde ocorreram os fatos, segundo o China Daily.

O acidente aconteceu anteontem em Hangzhou, capital provincial, a 170 quilômetros de Xangai. A menina tinha sido deixada sozinha dormindo no apartamento de sua família, enquanto sua avó varria no andar superior, e aparentemente, quando despertou, subiu da cama, depois para uma janela aberta e ficou se pendurando durante uns dois minutos, até que caiu, explicou um vizinho à agência Xinhua. De um balcão próximo à janela, um vizinho tentava que a pequena se agarrasse a um objeto que estava lhe estendendo, mas então a criança se soltou e caiu sobre Wu, que perdeu a consciência enquanto a menina chorava em seus braços. “Estendi meus braços inconscientemente enquanto ouvia um grito vindo de cima, então senti um forte dor em meu braço esquerdo, caí no chão e desmaiei”, relatou Wu.

Casualmente, Wu é uma empregada do gigante chinês do comércio eletrônico Alibaba, que tem sua sede em Hangzhou, e seu presidente, o magnata Ma Yun, conhecido internacionalmente como Jack Ma, aproveitou para expressar em seu microblog ontem que se sentia “privilegiado de estar trabalhando com Wu durante sete anos”. Os meios de imprensa chineses não dão especial importância à imprudência de deixar uma menina sozinha junto a uma janela aberta a dez andares de altura. O pai de Niuniu, de sobrenome Zhang, apareceu na televisão estatal CFTV, onde declarou que é a coisa mais comovente que viveu em sua vida, que uma estranha tenha salvo a vida da sua filha.

  • Matérias Relacionadas:

Deixe seu comentário