Thiago Brou vence rally moutain bike no Cerapió

Thiago Brou foi o grande vencedor da quarta etapa do rally de bike 2012


27/01/2012 - 21:25 - Da Redação
Thiago Brou vence rally moutain bike no Cerapió
Mineiro Thiago Brou da equipe Brou Tripp Aventuras em trilha no Cerapió

Thiago Brou foi o grande vencedor da quarta etapa do rally de bike 2012. Com essa foram três vitórias consecutivas nas etapas do Cerapió. “Estou muito feliz, não esperava por isso. Eu venho de uma lesão e tive apenas um mês para me preparar para o rally. Esta última foi a melhor de todas com muita trilha, bem técnica. Dedico esta vitória ao meu irmão José Elias porque ele sempre diz que eu sou o ídolo dele, mas ele é meu ídolo. Foi uma prova dura, com muito calor, mas não fiquei desidratado, não me senti mal e deu tudo certo. Este é o primeiro Cerapió que participo e estou muito feliz mesmo por poder participar”, disse o mineiro Thiago Brou da equipe Brou Tripp Aventuras.

O diretor de prova, Zernardo Maia, afirma que está muito feliz com todos os resultados da prova e mais ainda com o esforço dos atletas em enfrentar diferentes terrenos, que foram desde as dunas até florestas mais fechadas. “Estou surpreso com o nível dos atletas. Todas as provas foram muito boas e tiveram excelentes resultados”, disse Zenardo.

No quarto dia de prova os ciclistas saíram da cidade de Altos até Teresina com chegada no complexo de lazer Ponte Estaiada. No início da trilha eles passaram por um longo percurso de chão batido, passando depois por um trecho de areia. Após este trecho, os ciclistas se dirigiram a Floresta Nacional de Palmares onde enfrentaram uma mata fechada, terreno acidentado, com subidas e descidas muito radicais. Em trecho estreito da vereda eles tiveram que colocar as bikes nas costas para conseguirem se deslocar.

O quarto dia de prova foi diferente das corridas de competição de moutain bike, já que as trilhas eram muito fechadas e com pouca lama, pois havia chovido há dois dias. A Floresta dos Palmares é uma Área de Preservação Ambiental – APA protegida pelo Instituto Chico Mendes. “É uma prova não impactante e temos o objetivo de despertar a consciência ecológica em vários esportes. É uma reserva preservada, e desde 2008 que não temos registros de caçadores. Realizamos um trabalho de prevenção e isso mostra que é possível preservar a natureza com poucos recursos”, afirma Gaspar da Silva Alencar, administrador da floresta.

  • Matérias Relacionadas:

Deixe seu comentário