Abbondanzieri diz que Desabato xingou sua mãe

Abbondanzieri acusou Desabato de ter xingado sua mãe no jogo entre Internacional e Estudiantes pela Libertadores


21/05/2010 - 10:58 - ClicRBS

A imprensa argentina culpou os jogadores do Estudiantes pela batalha campal que se seguiu à classificação do Inter à semifinal apesar da derrota por 2 a 1 ontem, no Estádio Centenário, em Quilmes. E deu espaço para Abbondanzieri acusar Desabato de ter xingado sua mãe.

Em suas coberturas do jogo, os principais jornais de Buenos Aires disseram que as agressões de Desábato foram escandalosas. O Inter mereceu elogios por ter melhorado no segundo tempo e buscado o gol como visitante nos minutos finais.

O Clarín reservou o nobre espaço da capa para criticar o comportamento do time do técnico Alejandro Sabella.

“Eliminação e escândalo, o pior final para o campeão” é o título que abre as duas páginas da partida, que flagra dois momentos da briga.

Um deles é o goleiro Orion dando um soco em Lauro pelas costas, gesto chamado pelo jornal sem meias palavras de “agressão”. Uma outra imagem mostra o começo da disparada de Lauro em direção ao banco de reservas do Inter.

Também as declarações de Pato Abbondanzieri acusando Desabato ganharam destaque.

— Eu estava festejando com os meus companheiros e ele me insultou. Me deu uma cabeçada por trás. Claro que quando fizemos o gol eu explodi de satisfação, não sou robô. Vocês sabem que Desabato tem uns probleminhas — afirmou Pato, acrescentando que Desabato xingou sua mãe.

— Ele fez gestos para a torcida e me provocou — justificou Desabato.

O La Nación foi ainda mais incisivo. “O escândalo que manchou a triste despedida do campeão”, diz o título.

O Olé destinou a capa para tratar a passagem do Inter à semifinal como puro azar do Estudiantes. Afirmou que só a “Humbanda” (assim mesmo, com grafia errada) pode explicar mais um gol sofrido no fim da partida.

O Inter desembarca em Porto Alegre hoje, às 18h20min, depois de se classificar às semifinais da Libertadores. Seu adversário será o São Paulo, depois da Copa do Mundo.

  • Matérias Relacionadas:

Deixe seu comentário